O novo integrante do quadro de Senadores, Wilder Moraes que assumiu no lugar do ex-senador Demóstenes que foi cassado, vai receber no início de agosto a importância de R$ 13.000,00 por 1 dia de trabalho, e nem foi trabalho, foi só por comparecer no Congresso Nacional e assinar seu termo de posse.

Como o Congresso entrou em recesso hoje e só retorna no início de agosto, Wilder não vai mais comparecer, mas vai receber os dias proporcionais a partir da posse, que vai dar R$ 13.000,00 e mais uma verba de ajuda de custo para pagamento de despesas de mudança para Brasília.

O Salário de Senador é de R$ 26.723,13 mensais e mais as tantas verbas que fazem este valor triplicar.

O novo Senador Wilder Moraes era o suplente do ex-senador Demóstenes e ex-marido da atual mulher do Carlinhos Cachoeira, que foi a causa da cassação do Demóstenes, levando ao cargo de Senador o Wilder. Quer dizer, sai um, entra outro e tudo fica entre amigos.

Demóstenes perdeu o cargo de Senador e reassumiu o cargo de Procurador de Justiça de Goiás, cargo este que estava de licença por ter assumido o Senado Federal.

Placa no Ministério Público de Goiás com o nome do Demóstenes: