Tradição gaúcha e a sabedoria campeira

O povo gaúcho mantém até hoje muitas coisas de suas tradições e que são fáceis de identificar, como andar de bombacha e lenço vermelho no pescoço, costela assada no fogo de chão, arroz carreteiro acompanhado de música com sanfona e versos baseados em causos, contos e histórias.

Costela-no-fogo-de-chao

Costela no fogo de chão

Diz que gaúcho é índio grosso, de pouca conversa. Pois esse tipo é responsável por definições rápidas para situações difíceis. E algumas frases são pérolas da sabedoria campeira:

  • Cavalo de borracho sabe onde o bolicho dá sombra.
  • Marido de parteira dorme do lado da parede.
  • Cavalo bom e homem valente a gente só conhece na chegada.
  • Quem faz o cavalo é o dono.
  • Mulher, arma e cavalo de andar, nada de emprestar.
  • Gaúcho macho não come mel, mastiga abelha.
  • Pata de galinha nunca matou pinto.
  • Cachorro que come ovelha uma vez, só matando.
  • Vaca de rodeio não tem touro certo.
  • Cada hombre, como o cavalo, tem o seu lado de montar.
  • Faca que não corta, pena que não escreve, amigo que não serve, que se perca, pouco importa.
  • Ninguém é perfeito: só santo, e lugar de santo é no altar ou no céu, não neste mundo.
  • Homem sem defeito não é bem homem
  • Onde se viu o cavalo do comissário perder a corrida?
  • Com esta corja, palavra não basta; ponta de faca e bala é que resolve.
  • Quando se pega na rabiça do arado, deve-se ir até o fim do rego.
  • Fala ao teu cavalo como se fosse gente.
  • Quando ‘stiveres para embrabecer, conta três vezes os botões da tua roupa…
  • Quando falares com homem, olha-lhe para os olhos, quando falares com mulher, olha-lhe para a boca… e saberás como te haver…

  • Cavalo dado não se olha o pelo
  • Deus tira os dentes , mas alarga a goela
  • O diabo faz a panela , mas não faz a tampa
  • Quem joga e anda em égua não se aperta
  • Macaco velho não mete a mão em cumbuca
  • O sol é o poncho do pobre
  • Pau que nasce torto, morre torto
  • Gaúcho macho e grosso não come carne, rói osso!
  • Touro em campo estranho é vaca
  • Se faz de petiço pra comer milho
  • Vaca de campo não tem touro certo
  • Beleza não me impressiona; conheço muito campo feio que dá boa aguada…
  • Quem muito se agacha se le vê logo o rabo
  • Boi que se atrasa bebe água suja
  • Com quem veste saia – mulher, padre ou juiz – não se brinca
  • Vergonha é roubar e não poder carregar
  • Aquela moça é pior que coruja de banhado: vive pousando de pau em pau

Encontrei no Rancho Virtual muitas coisas sobre a tradição gaúcha e por lá tem várias receitas da culinária dos pampas.

Por: F.S.Em: 22 de setembro de 2008 | Em Comidas & Receitas  | Tags: , , ,  
Curta no Facebook:

Uma resposta para “Tradição gaúcha e a sabedoria campeira”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *