Venda de remédios em supermercados

A Presidente Dilma vetou a venda de remédios em supermercados, lojas, mercadinhos e outros tipos de comércio, pelo motivo de que dificultaria o controle da venda de medicamentos pelo Ministério da Saúde. O veto foi publicado no Diário Oficial do dia 18 de maio e 2012.

Já os supermercados alegam que as farmácias estão se tornando uma espécie de quase supermercado ou mercadinhos, vendem de tudo na loja anexa da farmácia e desta maneira tiram clientes, já que quem vai comprar um medicamento na farmácia, aproveita para levar outros produtos que não são para o tratamento da saúde.

Na mesma MP foi sancionado a parte do texto que isenta do PIS/Pasep e Cofins os produtos destinados a portadores de deficiência física.

Por: F.S.Em: 18 de maio de 2012 | Em Economia, Moda e beleza  |
Curta no Facebook:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *