Plano econômico no Chipre confisca 40% do dinheiro do povo

Chipre

É impressionante que sempre sobra para quem trabalha duro, poupa muito, quarda o dinheiro e de repente, vem um plano econômico e confisca parte da grana para salvar a economia do País, como se a culpa fosse do povo e não dos políticos.

Confisco: 40% de imposto na fonte para quem tem mais de 100 mil euros na conta.

Quem tinha 500 mil euros na conta, acordou hoje só com 300 mil e ainda não pode tirar este valor de uma só vez.

Chipre tem um dos sistemas bancários mais atrativos da Europa para quem tem dinheiro para aplicar no sistema financeiro, por isso, atraiu muitas fortunas e agora estes aplicadores, estão arrependidos até o último fio de cabelo por ter confiado no país que está quebrando e de ter que aceitar na marra em doar ao governo 40% de seus depósitos e sem chance de contestar nada.

Christos Stylianides, porta-voz do governo cipriota, disse que “evitamos uma falência desordenada que teria levado a uma saída do Chipre da zona do euro, com consequências imprevisíveis”.

No Chipre, o imposto de renda é de 10% e a média na europa é de 25 até 35%, por isso, a preferência dos investidores, Segundo a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Ainda dizem que o povo tem direitos assegurados, só que, quando o governo determina que sua grana não é mais sua, ninguém pode dizer não e nem tem o direito de brigar na justiça, já que, a justiça soberana é o governo. É isso que está acontecendo do Chipre que está passando por uma crise financeira muito grave e só teve uma saída, a de aceitar as exigências dos países da zona do Euro, para poder receber uma ajuda de 10 bilhões de euros.

Todo povo do Chipre que tem mais de 100 mil euros nos bancos, de cara terão 40% do valor confiscados a título de imposto e se salvam quem tem até 100 mil euros que não serão taxados, mas não poderão sacar o dinheiro de uma só vez, ou seja, poderão retirar só uma pequena quantia mensalmente definida pelo governo cipriano.

NICÓSIA - CHIPRE

Nicósia – capital do Chipre com 200 mil habitantes

Por isso que dinheiro em aplicações bancárias sempre são investimentos de risco alto em qualquer lugar do mundo, por mais que o governo jure de pé junto que o investidor tem garantias totais, garantias que podem serem alteradas sem prévio aviso e seu dinheiro irá para o espaço.

Por: F.S.Em: 25 de março de 2013 | Em Economia  |
Curta no Facebook:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *