Preço de pedágio no Brasil de até R$ 148,00

pedagio2

Pedágio de R$ 148,00 é de lascar !!! e um só mesmo !!

Acreditem, nem sabia, mas tem pedágio que custa R$ 148,00 para passar com um caminhão, um absurdo que é cobrado na rodovia Anchieta em Cubatão.

Uma viagem de Sorriso em Mato Grosso para o porto de Santos – São Paulo, são 19 praças de pedágio em que o repórter Dhiego Maia do G1 de MT acompanhou no trajeto para ver de perto os problemas enfrentados diariamento pelos caminhoneiros que transportam as mercadorias para exportação e pagam fortunas de pedágio. Foram percorridos 2.700 km em 4 dias e para finalizar, um dos últimos pedágios é o mais caro das estradas brasileiroas, foram R$ 148,00 em Cubatão.

Veja a reportagem completa no Blog Rumo ao Porto e o que os motoristas falam das condições dos asfaltos e dos preços das partes pedagiadas.

No geral, a reclamação é grande por melhoria nas estradas que, em muitos lugares estão intrasitáveis em épocas de chuvas e outros que tem alfalto, são tantos buracos ficando complicado desviar e acaba estourando pneus e quebrando o caminhão.

O governo brasileiro precisa investir pesado em logística e estradas para dar vazão eficiente nos transportes que levam e trazem as riquezas, movimentando nossa economia. O transporte ferroviário está sucateado e sem previsão de investimentos, enquanto que na Europa é prioridade dos governantes, e a grande maioria do povo deixa de viajar de avião e vai de trem que é mais eficiente.

Tem estradas de ferro que estão sendo construida a mais de 15 anos e quando chegar no fima da obra, uma boa parte já estará comprometida pelo desgaste natural do tempo e problemas de erosões. Os trilhos, depois de importados e uma boa parte já fixada, foram descobrir que não irão suportar o peso dos vagões totalmente carregados e terão que circular com menos carga. Outra grande parte dos trilhos estão armazenados a céu aberto e enferrujando, correndo o risco de acabarem virando sucata.

Tudo isso é total falta de planejamento, levando ao desperdício de milhões ou bilhões de reais, dinheiro que falta para a saúde e educação.

Condições-da-Transamazônica

Por: F.S.Em: 22 de abril de 2013 | Em Economia  |
Curta no Facebook:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *