Anticoncepcional aumenta risco de Depressão

Ultimamente, muito tem se falado sobre as pílulas anticoncepcionais e as muitas más notícias vêm sendo veiculadas. Acontece que agora o problema diz respeito à saúde mental de quem faz uso da pílula.

Isso mesmo! Um estudo realizado recentemente pela Universidade de Copenhague chegou a uma outra conclusão. Esse estudo fez a análise do registro médico de todas as mulheres que vivem na Dinamarca e que tem entre 15 e 34 anos.

Com isso foi possível concluir que as chances de desenvolver um quadro de depressão podem chegar a ser o dobro para quem usa as famosas pílulas anticoncepcionais hormonais.

Vale lembrar ainda que nesse estudo os cientistas se focaram em mulheres que não possuíam qualquer antecedente de depressão. Depois disso, foi feito um acompanhamento detalhado que durou 14 anos, avaliando as suas saúdes e os medicamentos que faziam uso.

O resultado do estudo

Como resultado o estudo concluiu que as mulheres que faziam uso de contraceptivos hormonais, como é o caso da pílula, tinham até o dobro de chance de desenvolver um quadro depressivo.
Isso quer dizer que quem faz uso da pílula anticoncepcional tinham uma probabilidade bem maior de serem diagnosticadas como portadoras de transtornos de ansiedade, bem como transtornos depressivos.

Sendo assim, as mulheres que consomem a pílula tradicional têm, em média, o risco 23% maior do que aquelas que não fazem uso do contraceptivo hormonal.
Entretanto, é importante ressaltar que dentre todos os métodos contraceptivos hormonais a pílula é um dos melhores e com menores efeitos. O ranking fica da seguinte maneira:

  • • Adesivo – risco 100% maior
  • • Anel vaginal – risco 60% maior
  • • DIU com levonorgestrel – risco 40% maior
  • • Mini-pílula (só de progesterona) – risco 34% maior
  • • Pílula combinada – risco 23% maior

Outra conclusão do estudo é que para as adolescentes e mulheres entre 15 e 19 anos a vulnerabilidade era ainda maior. Isso porque nesses casos o risco podia chegar a ser até 80% maior.

O fato é que ainda faltam estudos que consigam entender a relação entre o uso dos hormônios e a ocorrência de doenças de depressão e ansiedade. Entretanto, a preocupação dos pesquisadores nesse momento é a de que 80% das mulheres em idade fértil estão fazendo de contraceptivos hormonais, seja qual for o tipo.

Assim sendo, a saúde mental das mulheres acaba sendo pouco levada em consideração pelos próprios médicos na hora de receitar o medicamento. Então, esses são os efeitos do anticoncepcional e como ele pode causar depressão.

Por: F.S.Em: 16 de outubro de 2016 | Em Saúde  | Tags:  
Curta no Facebook:

Uma resposta para “Anticoncepcional aumenta risco de Depressão”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *