Dor de cabeça ou enxaqueca pode levar a um AVC

“Dor de cabeça” é como conhecemos a enxaqueca, que é como os médicos chamam. Dizem que uma é diferente da outra, mas as duas são ruins. Não importa o nome, a dorzinha é irritante e chega forte.

Tem dor de cabeça que percebemos antes mesmo de começar. Os primeiros sintomas são ver estrelinhas para todo lado que olhar, com leve ofuscação da visão que vão aumentando e quando as estrelinhas brilhantes somem, isso dentro de uns 10 minutos, chega dor terrível, a enxaqueca.

Outras enxaquecas duram a vida toda, obrigando as pessoas a conviverem com a dor e ter sempre a mão o medicamento para amenizar, caso aperte muito.

Exemplos de como a visão pode ser afetada em alguns casos

Outro tipo é dor que chega com a chamada “Aura” que quando começa a enxaqueca, surgem flashes de luz e pontos escuros que ficam mudando de lugar conforme o ponto que olhamos. Até que passe a crise, muitas vezes temos que largar tudo o que estamos fazendo e sentar ou deitar um pouco até que o sintoma passe.

  1. Quadro 1: Reforço do remanescente de uma estrutura em zigzag
  2. Quadro 2: Escotoma negativo, perda da percepção de estruturas locais
  3. Quadro 3: Escotoma positivo, percepção local de estruturas extras
  4. Quadro 4: Perda de percepção em um lado

Quando os sintomas incomodam muito, o correto é procurar um médico para tentar identificar os motivos, se bem que, a maioria do diagnóstico é a famosa enxaqueca de grau fraco. O tratamento é simples, tomar um analgésico quando começar e a dor que logo passa. A dor de cabeça é uma doença de grau leve que atinge mais de 30 milhões de brasileiros, sendo a maioria mulheres, e é motivada pelos mais variados motivos, desde uma comida que não de fez bem, estresse diário ou sintomas de um resfriado que está chegando.

A enxaqueca muito forte pode causar até um AVC, por isso mesmo, nestes casos é bom fazer exames complementares para tentar identificar o motivo. Identificado a causa, seguir um tratamento específico na raiz do problema. Os médicos recomendam nunca tomar frequentemente analgésicos sem saber a causa da dor. Pode ser um aviso de uma outra doença que está no seu organismo.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cefaleia

A enxaqueca não é só uma dor de cabeça. Ela é uma doença neurológica, genética e crônica. O cérebro é a máquina de comando do nosso organismo. Ele comanda todas as nossas funções vitais conscientes, como sono, fome, humor, pensamentos e também as que não percebemos como controle da respiração, batimentos cardíacos, pressão arterial e muitas outras. Pessoas com enxaqueca muitas vezes acreditam que têm múltiplas doenças, pois apresentam uma variedade de sintomas que podem ocorrer devido à disfunção química cerebral da enxaqueca. Às doenças que acontecem com mais frequência juntas, e que têm mecanismos causais comuns, chamamos comorbidades.

Quando a dor de cabeça pode ser um AVC

avc-tipos

Acostumamos tanto com a dor de cabeça que, percebemos quando ela começa e já temos o remédio que vai amenizar e fazer passar. Aí é que temos que prestar atenção para os sintomas de um AVC – Acidente Vascular Cerebral

  1. A dor chega diferente da habitual
  2. Quando a dor aperta, você fica sonolento rapidamente
  3. Percebe que uma dos lados da cabeça ou do rosto apresenta formigamento e amortecimento
  4. Sua fala começa a ficar diferente, trêmula ou até meio travada
  5. Desmaio – acontece quando AVC é mais forte e faz perder os sentidos rapidamente

Notando qualquer dos sintomas acima, procure imediatamente um hospital, pode ser um sinal claro de AVC e com atendimento imediato, pode evitar danos maiores.

Diferença entre AVC hemorrágico, AVC isquêmico e Aneurisma

  • O AVC hemorrágico começa com o aneurisma
  • Aneurisma – É o estufamento de um vaso sanguíneo do cérebro pressionando para estourar e rompendo leva a um AVC
  • O AVC isquêmico é quando o vaso sanguíneo não chega a estourar, mas ele entope e impede a circulação do sangue em determinada parte do cérebro. Este tipo de AVC é o mais comum chegando até a 80% dos pacientes.

O sucesso do tratamento depende da rapidez em que o paciente seja atendido.

Tipos de dores de cabeça

  • As pessoas podem ter dor local: Olhos, pescoço, rosto ou testa
  • Tipos de dor: Forte, leve, latejante ou indistinta
  • Dor de cabeça: Aguda, frequente, forte ou latejante
  • Na visão: Cegueira, sensibilidade à luz, visualização de flashes luminosos, visualização de pontos, visão distorcida ou visão embaçada
  • No corpo: Fadiga, mal-estar, tonturas ou vertigens
  • No aparelho gastrointestinal: Náuseas ou vômitos
  • Nos sentidos: Aura ou comichão
  • Também comum: Ansiedade ou irritabilidade

ATM em função, estando em azul o disco articular – Articulação Temporomandibular

Principais causas de enxaqueca

DTM – Disfunções Temporomandibulares- É a articulação que liga a mandíbula ao crânio que estão comprometidas por desgastes, má formação ou outras variações que podem estar causando a dor de cabeça. Os sintomas são barulhos percebidos na hora de mastigar, no movimento de abrir bem a boca e em casos mais graves, o aparecimento de dores localizadas entre a boca e a cabeça, na articulação, como

  • Dores de cabeça (muitas vezes se assemelhando com enxaquecas), dores de ouvido, dor e pressão atrás dos olhos
  • Estalos ou dor ao abrir ou fechar a boca
  • A mandíbula fica travada ou sai do lugar
  • Dor nos músculos de mastigação
  • Dificuldade ao mastigar ou morder
  • Inchaço do rosto
  • Mudança na oclusão dentária da pessoa (a forma como os dentes superiores e inferiores se encaixam)

Caso perceba alguns destes sintomas, pode solicitar ao seu dentista para verificar com uma radiografia panorâmica da arcada dentária.

Tratamentos recomendados para enxaquecas ou dores de cabeça e alguns tipos de medicamentos

  • Triptans: Alivia a dor e os sintomas associados a enxaqueca e cefaleia em salvas
  • Analgésico: Alivia a dor
  • Anti-inflamatórios não esteroides: Alivia a dor, diminui a inflamação e reduz a febre
  • Anticonvulsivo: Previne ou controla convulsões, alivia a dor e trata os sintomas de certos transtornos mentais
  • Estimulante: Aumenta os níveis de neurotransmissores, a frequência cardíaca e a pressão arterial. Diminui o apetite e o sono
  • Bloqueador beta-adrenérgico: Retarda a frequência cardíaca e diminui a pressão arterial. Quando usado como colírio, reduz a pressão ocular
  • Bloqueadores dos canais de cálcio: Relaxa os vasos sanguíneos
  • Esteroide: Modifica ou simula efeitos hormonais, muitas vezes para reduzir a inflamação ou aumentar o crescimento e a reparação tecidual
  • Anti-histamínico: Reduz ou interrompe uma reação alérgica

Terapias recomendadas

  • Relaxamento muscular progressivo: Tensão e relaxamento de grupos de músculos da cabeça aos pés ou vice-versa

Procurar um especialistas em

  • Neurologista: Trata doenças do sistema nervoso
  • Clínico geral: Previne, diagnostica e trata doenças

Chá de gengibre para tratar a enxaqueca

O chá de gengibre é um bom remédio natural para dores de cabeça, veja como fazer.

  • Rale ou pique um pedaço de gengibre – umas duas colheres
  • Coloque na panela com um litro de água
  • Deixe ferver por pelo menos 5 minutos
  • Coe em um filtro de café
  • Pode tomar quente ou frio
  • 1 copo de manhã, 1 meio dia, 1 a tarde e outro a noite
  • Divida o litro em 4 para tomar tudo no dia

Pode colocar em uma garrafa e levar para o trabalho e tomar durante o dia.

O gengibre pode melhorar sua dor de cabeça e no tratamento de várias outras doenças, que até podem ser a causa de sua enxaqueca.

  • Má digestão
  • Azia
  • Enjoo
  • Gastrite
  • Resfriado
  • Inflamações
  • Dor de garganta
  • Colesterol alto
  • Pressão alta
  • Tosse
  • Dores musculares
  • Problemas de circulação sanguínea
  • Artrite

Por: F.S.Em: 7 de outubro de 2016 | Em Saúde  | Tags: , ,  
Curta no Facebook:

Uma resposta para “Dor de cabeça ou enxaqueca pode levar a um AVC”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *