No meu tempo tudo era mais simples

É comum ficarmos lembrando do muitas coisas e passagens do passado. Principalmente quando passamos dos 50 anos e de vez em quando bate uma saudade danada daquele tempo.

Parece que tudo era muito menos complicado, principalmente no tempo de criança. Não precisava se preocupar com o dinheiro para colocar a comida na mesa, comprar roupas e pagar o material escolar. Só tinha que sobrar para comprar um doce no armazém.

É do meu tempo

Máquina de escrever

A prova final tinha que ser de olhos vendados

Quem não tiver curso de datilografia ficará fora do mercado, alerta o jornal

Datilógrafo já foi a profissão do futuro. Ser rápido para escrever com a máquina era um dos requisitos obrigatórios para quem queria trabalhar em um escritório. Tinha um teste: digite este texto e um minuto e quem digitava mais já tinha meia vaga do emprego garantida. Escolas de cursos de datilografia multiplicavam-se pela cidade.

Óleo de cozinha

Óleo de soja? que isso?, naquele tempo era banha de porco industrializada ou produzida em casa.

Quem morava em cidades pequenas e interior criavam porcos e engordavam para ter a carne, torresmo e a gordura toda derretida para usar no dia a dia da cozinha. Como geladeira era artigo de luxo, quem matava porco, fritava tudo e para conservar enchiam as latas com banha, torresmo e carnes bem fritas no meio. Podia consumir por até uns 3 ou 4 meses.

Calçados populares

Conga, Kichute e Bamba foram os calçados mais vendidos de 1978 até 1985 com produção mais de 9 milhões de pares anuais. Um calçado que servia para tudo, passear, ir pra escola e jogar bola. Eram muito resistentes e baratos.

Doces

Chiclete Ping Pong já foi o mais vendido no Brasil e vinham com figurinhas para colecionar. Com a entrada no mercado do chiclete Ploc e Babalu, as vendas desabara e fabricação foi encerrada, deixando muita gente com saudades. Os suspiros e canudinho com maria mole e bexiga, todos eram vendidos soltos, sem embalagens de papel ou plástico que encontramos hoje.

Pasta de dente

Pasta de dente Kolynos, uma das mais famosas e parou de ser vendida em 1997. A Empresa foi vendida e por acordo de negociação, não poderiam mais usar o nome Kolynos, sendo substituído pela Sorriso que está no mercado.

Comunicação

Fita gravada e enviando pelo telex

A máquina de gravar e enviar o telex ficou no esquecimento quando apareceu o Fax. Logo depois o email, que enterrou de vez o sistema antigo. No telex, primeiro você digitava a mensagem e a máquina ia picotando em uma fita. Depois encaixava a fita para transmitir, conectava com a máquina receptora, apertava a tecla de transmitir e a fita que passava pela máquina de origem saindo na máquina de destino automaticamente e no mesmo instante, isso já era um salto no envio de mensagens com segurança.

Quando começaram vender o fax, o valor era caro, em torno de 3 mil dólares e com a chegada do computador e o sistema de mensagens por emails, este também está sendo esquecido, já que podemos escanear um documento e enviar por email.

Olha só a manchete do jornal: Incrível, Nokia lança celular que envia mensagem de texto para outro celular!

Em todas as esquinas tinha um famoso Orelhão. Com o uso de uma ficha podia-se falar por alguns minutos. Hoje ainda existem alguns, mas já todos digitais, e as fichas desapareceram.

Surgiram os celulares, que de tão grande foram apelidados de tijolão. Para carregar um celular tinha um suporte fixado na cinta ou na cintura e quem aparecia com um era gente do dinheiro. Eram caros e mais caras ainda as ligações. Hoje é tão comum ter um celular que até o andarilho anda com um para poder ver no GPS em que estrada está andando.

Brincadeiras de criança

As brincadeiras eram todas muito simples e divertidas, como o jogo com bolinhas de gude. Quem ganhava levava as bolinhas e sempre tinha aquele menino que ganhava tudo e todos evitavam jogar com ele.

Outros brincavam jogando bola, de amarelinhas, soltar pipas, esconde-esconde, pular cordas e tantos outros. Muito diferente de hoje, que a criançada só quer saber de ficar jogando vídeo game. Passam o dia sem sair pra fora de casa, a não ser ir para escola.

Este vídeo mostra exatamente como era a vida nos anos 60, 70 e 80. Muito simples, sem tecnologia, mas com muita liberdade para a criançada.

Refrigerantes e sucos

O Ki-suco foi a bebida barata e simples de fazer. Só colocar o pacotinho em 1 litro de água e adoçar a gosto. Quem tinha mais dinheiro comprava uma Crush, Guaraná ou Soda Limonada Antárctica.

Fotos

Os binóculos de fotos chamavam a atenção e os vendedores faturavam vendendo este tubinho com uma lente de aumento para olhar a paisagem ou uma foto no fundo.

Ter uma máquina de fotos era pra poucos. O filme só tirava 12 ou 24 fotos e depois de tiradas, tinha que levar em uma casa especializada para revelar, tudo muito caro para a época.

Cama

E o colchão então, eram feitos com palha de milho, tão fofos que afundavam quando deitava neles. Isso sem falar que de vez em quando aparecia um toquinho do sabugo do milho para cutucar. Eram confortáveis, muito macios. Mas os médicos de hoje reprovariam porque não fazem bem para a coluna, diriam.

Músicas

vitrola

Toca discos que a tampa era o alto falante, tirava para colocar o disco.

bailinhos1

Os famosos discos e os toca-discos eram bem rudimentares, mas modernos para os anos 70. Tempo dos bailinhos de garagem, comuns nos bairros. Todo fim de semana tinha um em um casa, começava com uns 3 ou 4 casais e logo os filhos dos vizinhos chegavam e lotavam o espaço, com muita música para dançar, assim foi o encontro de muitos casais que namoravam e acabavam casando. Eram tudo muito simples, mas inesquecível.

Algumas músicas mais tocadas dos anos 70

  • Queen – We Are The Champions
  • Imagine – John Lennon
  • Skyline Piegeon – Elton John
  • Alone Again – Gilbert O’Sullivan
  • Bridge Over Troubled Water – Simon & Garfunkel
  • It’s Too Late – Caroline King
  • Rock and Roll Lullaby – B.J. Thomas
  • Killing Me Softly With His Song – Roberta Flack
  • How Deep Is Your Love – Bee Gees
  • Abba – Dancing Queen
  • A-Ha – Take on Me
  • Modern Talking – Geronimo´s Cadillac
  • Modern Talking – You´re My Heart, You´re My Soul
  • Pet Shop Boys – 12 – Domino Dancing
  • Phill Collins – Another Day In Paradise
  • Sandra – Maria Magdalena
  • Scorpions – Still Loving You
  • The Eagles – Hotel California
  • The Pretenders – Don´t Get Me Wrong
  • Tina Tuner – Mad Max
  • What A Feeling

E você: do que tem saudades? O que mudou bastante na sua vida? Você voltaria a viver “no seu tempo”?

Por: F.S.Em: 14 de setembro de 2016 | Em Educação, Esportes  | Tags: , , ,  
Curta no Facebook:

4 respostas para “No meu tempo tudo era mais simples”

  1. Muito legal, quando li esta matéria sentir vontade de chorar!!!!
    vivi tudo isso, tínhamos paz não vivíamos numa decadência moral como hoje, o respeito pelos mais velhos, a solidariedade para com os outros era muito bacana.
    mais a tecnologia que por um lado trouxe grandes benefícios,por outro afastou as pessoas, e até mesmo de forma muitas vezes desagradáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *