Controle de pagamento de impostos

 

Apertem os cintos que vem mais aperto no cerco daqueles que não gostam de pagar impostos, ou simplesmente ignoram e não pagam nada ou acham que dificilmente serão descobertos.

O novo secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto, informou que irá usar toda a tecnologia disponível para cruzar informações das pessoas físicas e pessoas jurídicas, usando dados fornecidos pelas empresas, como compras com o CPF ou o CNPJ de casas, apartamentos, terrenos, carros, gastos com viagens, gastos com cartão de crédito e qualquer outra compra com valor mais elevado.

Um sistema automático da Receita Federal irá armazenar os dados dos contribuintes e depois da entrega da declaração, ele vai chegar automaticamente os dados declarados e caso não apareça, a declaração fica retida na malha fina para uma checagem mais detalhada e até com a intimação do contribuinte para prestar os devidos esclarecimentos e uma possível autuação.

Será avaliado pelo sistema a compatibilidade dos gastos com os ganhos declarados. O leão está nervoso e faminto, por isso, não é bom abusar que a dentada pode ser grande.

Portanto, é melhor declarar tudo e caso necessário, até pagar impostos atrazados com os encargos e evitar de levar uma multa e até responder um processo por sonegação.

Curta no Facebook:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *